Em contagem decrescente para a 43.ª Reunião Anual da SPAIC

21/09/22
Em contagem decrescente para a 43.ª Reunião Anual da SPAIC

Decorre de 6 a 9 de outubro, no Centro de Congressos do Hotel Porto Palácio, a 43.ª Reunião Anual da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC), com um programa científico que se irá focar no doente numa perspetiva de centralidade dos cuidados.

“É absolutamente crucial colocar-se os doentes no centro de toda a abordagem imunoalergológica: da investigação à prevenção, abordagem terapêutica e reabilitação. Não se trata apenas de saber ouvir os doentes, mas integrá-los na definição de estratégias de prevenção e tratamento, nas suas diferentes vertentes, num equilíbrio entre cuidados orientados por dados e cuidados centrados no doente. Trata-se também de procurar ajustar as nossas abordagens de investigação para que os doentes sejam integrados na co-criação, desenho e proposta de estudos de pesquisa científica. De Patient-reported outcomes para investigação e tratamento, a trajetos integrados de doentes; de “clubes de doentes” a Research co-design in health”, explica o Prof. Doutor Luís Taborda Barata, presidente de honra da Reunião Anual da SPAIC.

Para o Prof. Doutor Manuel Branco Ferreira, “o tema desta nossa reunião anual reflete a cada vez maior importância de os doentes estarem 100 % envolvidos nas decisões terapêuticas individuais, que devem ser adaptadas sempre de acordo com os objetivos que cada doente pretenda conseguir atingir”. O presidente da SPAIC refere ainda que “não nos podemos esquecer do papel das associações de doentes na promoção dos cuidados de saúde e na pressão política e social em prol dos doentes, também cada vez mais um papel central, como se pôde constatar com o caso da comparticipação a 100 % para os dispositivos de adrenalina autoinjetável”.

Partilhar

Publicações